Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

FLASHBACK MPB ROMÂNTICAS.
"PARA OUVIR DESLIGUE O PLAYER INTERNACIONAL E
LIGUE ESSE"
Baixe nosso Aplicativo
Top Música
1
REM Everybody Hurt
REM
2
YOU NEEDED ME
Anne Murray
3
I started a Joke
Bee Gees
4
And I Love You So
Elvis Presley
5
Live To Tell
Madonna
Peça sua Música

  • Laércio Lamas
    Cidade: Rio Pomba-MG
    Música: TELL ME A LIE-Sammy Jo
  • Carlos
    Cidade:
    Música: More than Words
  • jose fleury
    Cidade: Barra do Garças - MT
    Música: Folson Prison Blues -- Johnny CVash
  • Josimar
    Cidade: Nova Odessa -sp
    Música: Califórnia banda Pilot
  • NÁDIA
    Cidade: GOIANIA
    Música: if
  • EDSOM ALBANO
    Cidade: TAIO SC
    Música: ROBERTO CARLOS APOCALPSE

Atualidades.

Publicada em 13/02/16 as 01:07h - 1674 visualizações
AIR SUPPLY Dupla renova aliança com o pop

Flash Back Fm HD


 (Foto: Flash Back Fm HD)

A gênese do Air Supply é uma prova real de que coincidências não existem. Escalados para tocar na versão australiana da peça "Jesus Cristo Superstar", os músicos Graham Russell e Russell Hitchcock descobriram que tinham mais em comum do que participarem da mega produção de Andrew Lloyd Weber: o amor pela música dos Beatles e o desejo de criar um grupo pop de sucesso. O trajeto para o showbiz não foi dos mais fáceis. Assim que decidiram cantar pelas noites de Sydney, os australianos, gravaram uma fita demo em 1975, mas não obtiveram sucesso com as gravadoras. Depois de diversas tentativas, a CBS decidiu assinar um contrato com a dupla para a produção de seu primeiro single. Acompanhado por uma banda de apoio, o Air Supply conquistaria o que nem mesmo era aguardado pelos mais otimistas naquele momento: a posição de número 1 nas paradas da Austrália com "Love and Other Bruises". O sucesso atingido com a música motivou Russell e Hitchcock a trabalhar em novas faixas que dariam luz ao primeiro LP, Air Supply, comercializado apenas em sua terra natal no ano de 1976.

Outro impulso à carreira aconteceria graças ao convite de Rod Stewart para abrir os shows de sua turnê norte-americana. Na volta da excursão, viriam as baixas. Com as saídas dos parceiros Adrian Scott (teclados), Jeff Browne (bateria), e Mark McEntee (guitarra), o Air Supply teve de recomeçar tudo até gravar o disco Life Support, que atrairia as atenções do empresário Clive Davis em Nova York. Estava feito. Com um novo contrato assinado com a Arista Records, a dupla entraria nos anos 80 em sua melhor fase comercial. Durante a década, o Air Supply conquistaria fãs ao som de hits como "Lost In Love", "All Out Of Love", "Making Love Out Of Nothing At All" que somaram vendas superiores a 10 milhões de singles e 20 milhões de álbuns em todo o planeta.

Discografia

Anos 70
Foram quatro álbuns lançados nos 70, com destaque para o LP de estréia, Air Supply (1976), que abriu caminho para a dupla em território australiano. Com mais tempo de estrada, os discos "Love and Other Bruises" (1977) and "Life Support" (1979) pavimentaram o sucesso nas paradas locais e internacionais. Durante um dos shows do Air Supply em Nova York, apareceria a chance de assinar um contrato milionário com a Arista Records. Com o novo acordo, os anos 80 ficariam marcados como o apogeu da dupla no cenário pop.

Anos 80

A era de ouro do Air Supply. Logo em seu debut pela Arista Records, a dupla ficaria próxima de conquistar o Top 20 no mercado norte-americano com o álbum Lost In Love (1980), puxado por três singles que atingiram o Top 5 das paradas dos Estados Unidos: a faixa-título, "All Out Of Love" e "Every Woman In The World". No ano seguinte, The One That You Love faria ainda melhor. O disco chegaria embalado por seu predecessor, alcançando a posição de número 10 na Billboard. Com o LP, mais três hits: a faixa-título, "Here I Am" e "Sweet Dreams". Na seqüência, Now and Forever (1982) e a compilação Greatest Hits (1983) ratificaria o sucesso comercial da dupla. De quebra, o disco com os maiores sucessos dos australianos traria o single "Making Love Out Of Nothing At All", hit em todo mundo ? inclusive no Brasil. Mais três álbuns ainda seriam lançados pela dupla na década, porém, sem o mesmo impacto.

Anos 90
A dupla começou bem a década com o CD The Earth Is, lançado em 1991, agora pela Giant Records. O álbum foi bem recebido pelo público internacional, atingindo vendas superiores a 2 milhões. Mais três álbuns seriam lançados nos anos 90 pelo novo selo, com destaque para The Vanishing Race (1993), com produção do renomado David Foster (Paul McCartney, Celine Dion, Chicago), News From Nowhere (1995) e The Book Of Love (1997).

Anos 00
Ainda aclamados pela crítica e público, o Air Supply reduziu as atividades no século XXI. Isso não impediu de a dupla entrar no milênio com mais um trabalho original: Yours Truly (2001). Após um breve intervalo, os australianos voltariam a lançar mais um CD, desta vez restrito ao mercado japonês batizado como Across The Concrete Sky (2003). Depois sucederam-se as coletâneas: Air Supply Forever Love, Air Supply, Air Supply Platinum & Gold Collection, Air Supply- Love Songs e Air Supply - It Was 30 years ago today. Em 2005 foi lançado o acústico The Singer and the Song e os dois últimos inéditos: Free Love e Mumbo Jumbo.

Em 2011, a dupla continuou a desempenhar mais de 150 shows por ano em todo o mundo, incluindo paradas na Inglaterra, Irlanda, Israel, Filipinas, Coréia, Japão, Canadá, os EUA e além. Neste mesmo ano, a dupla gravou em um anfiteatro ao ar livre, o cd/dvd chamado "Sultan's Pool", em Jerusalém, Israel, durante as suas apresentações naquele país. O DVD conta com duas novas música: "Sanctuary" e "Everywhere"




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

Copyright (c) 2018 - Flash Back Fm HD - Todos os direitos reservados